Segunda, 17 Março 2014 13:48

Eunício se aproxima de Tasso e tenta viabilizar aliança

Avalie este item
(0 votos)

O pré-candidato do PMDB ao Governo do Estado, Eunício Oliveira, se aproxima das lideranças regionais do PSDB e não vê problema em manter uma aliança com o ex—senador Tasso Jereissati e, ao mesmo tempo, apoiar à reeleição da presidente Dilma Rousseff. Esse cenário, com declarações do peemedebista, está em reportagem do Jornal Folha de São Paulo, edição deste domingo, e mostra a disposição de Eunício em concorrer à sucessão do governador Cid Gomes (PROS).

‘’Não concordo com alianças locais diferentes das nacionais. Mas, já que a legislação dá essa possibilidade, o PMDB não teria problema em formar chapa com qualquer sigla’’, disse Eunício, ao se referir as conversas com partidos de oposição aos Governos Federal e Estadual no Ceará.

Segundo, ainda, a reportagem da Folha de São Paulo, Eunício tem conversado com o ex-governador e ex-senador Tasso Jereissati, principal líder regional do PSDB e preferido, em pesquisas de opinião pública, para o Senado. Eunício tenta fazer a coligação com o PSDB e ter Jereissati como candidato ao Senado – desejo, também, do presidenciável Aécio Neves.

O ex-governador Tasso Jereissati tem se mantido longe dos holofotes,  mantém diálogo com lideranças nacionais do PSDB, mas, quando o assunto é sucessão estadual, prefere conversas bem distantes de repercussão pública. Tasso, a exemplo de outras lideranças políticas de oposição, espera o dia 5 de abril – prazo final para desincompatibilização de quem pretende disputar as eleições de 2014. A expectativa é sobre o destino do governador Cid Gomes (PROS).


Fonte: Ceará Agora

Lido 118 vezes

Boletim On-line