Homem é suspeito de abusar sexualmente da neta, anos depois de fazer o mesmo com a filha

0
125

Um homem de 78 anos foi preso preventivamente, nesta quinta-feira (21), suspeito de abusar sexualmente da própria neta de seis anos, na Zona Rural de Guaiúba, município da Grande Fortaleza.

No inquérito que apura o caso, a filha dele, mãe da garota, aproveitou para também denunciar que foi abusada por ele quando era criança, em meados de 2005. Um outro caso de estupro de vulnerável também já foi denunciado, conta o Francisco Cavalcante, da Delegacia Metropolitana de Guaiúba, que acredita que o número de denúncias contra o suspeito pode passar de dez.

Os abusos vieram à tona com um vídeo, gravado pela própria menina de seis anos, que, disfarçadamente, flagra o abuso sexual. Registradas em 4 de dezembro último, as imagens mostram o homem manipulando a genitália na presença dela. Em uma mensagem de voz, a garota desabafa: Taí, mãe, a prova. A prova! A prova! Essa prova é o que o vovô fica fazendo comigo, sabia?! E quando ele tá aqui eu não posso falar nada”. A reportagem teve acesso ao áudio e o vídeo; no entanto, opta por não divulgá-los.

O caso chegou à Delegacia Metropolitana de Guaiúba nessa quarta-feira (20), após denúncia do Conselho Tutelar. A garota disse que o vídeo foi a “única forma” que ela encontrou de fazer com que os adultos de sua casa acreditassem nas palavras dela, conforme o texto em que a Polícia Civil representa pela custódia preventiva — ao qual Tribuna do Ceará também teve acesso. Em depoimento, a menina disse que o avô praticava o crime “há muito tempo”. Também em depoimento, a mãe disse que a garota estava sempre “triste” e querendo a sua presença.

Na delegacia, a mãe da garota revelou o histórico do pai de abuso sexual de crianças. Hoje com 22 anos, ela contou que, quando tinha 10, foi abusada sexualmente por ele, conforme relatado na representação por custódia preventiva. As agressões aconteciam quando a mãe dela estava ausente. Por medo, ela denunciou o caso, conta o delegado Francisco Cavalcante.

A mulher também denunciou que, recentemente, o pai a pediu ajuda para “se envolver” com uma criança de nove anos de idade, residente na mesma localidade em Guaiúba que eles moram. Ele chegou a pedir que ela comprasse um brinquedo erótico para que o crime fosse praticado. Vários brinquedos do tipo foram apreendidos pela Polícia Civil com o homem. O idoso também tinha como hábito, conta Cavalcante, mostrar vídeos pornográficos para as crianças.

 

Fonte: Tribuna do Ceará