Em 13 jogos, Corinthians supera pontuação do 1º turno de 2016

0
366

O Corinthians atingiu diversos feitos na noite da última quarta-feira, como quebrar uma longa invencibilidade do Palmeiras dentro da sua casa e vencer o segundo Derby na casa do adversário, mas um dos que mais chamou a atenção pôde ser visto na tabela do Campeonato Brasileiro: com 35 pontos conquistados até o momento, o time já superou, na 13ª rodada, o desempenho da equipe no primeiro turno do ano passado.

Em 2016, os comandados de Tite/Cristóvão Borges chegaram à última rodada do turno podendo até ser líderes na virada para a metade final da competição, mas acabaram empatando por 1 a 1 com o Cruzeiro, no estádio do Pacaembu, e fecharam a parcial com 34 pontos. O líder foi o Palmeiras, com 36, equipe que mais tarde conseguiu ficar com o caneco da competição nacional.

“Nossa equipe mais uma vez jogou com inteligencia, desde o começo do jogo, conseguimos aguentar a pressão do Palmeiras e achar o pênalti com o Arana. Aí a equipe deles teve que sair mais, abrir espaços e encaixamos o segundo gol”, comentou o meia Jadson, uma das novidades com relação ao time do ano passado.

Além dele, mudaram na equipe titular o zagueiro Pablo, o lateral esquerdo Guilherme Arana, os volantes Gabriel e Maycon, e o centroavante Jô. Até o momento, os comandados do técnico Fábio Carille ostentam 11 vitórias e dois empates no torneio, podendo terminar a rodada 11 pontos à frente do segundo colocado.

Na temporada, o Timão chegou a 27 jogos sem perder, série que supera o elenco comandado por Tite. Em 2015, o atual treinador da Seleção Brasileira retornou ao clube após um ano fora e só foi perder pela primeira vez diante do São Paulo, pela fase de grupos da Libertadores da América. Já é a quarta maior sequência invicta do Timão na história.

“Espero que isso dure até 13 de dezembro, quem sabe (risos)”, disse o comandante corintiano, fazendo referência à data marcada para a segunda final da Copa Sul-Americana, outro campeonato em que o clube ainda está vivo. “Mas é foco total no jogo do Atlético-PR, se cuidar que a gente tem mais uma batalha e temos de nos preparar para vencê-la”, comentou Carille, elogioso não só aos números, mas ao desempenho em campo.

“Não só pelo desempenho, até acho que, do jeito que estava no final do Paulista, está normal. O desempenho está sendo do jeito que eu esperava Mas o resultado, como os jogos estão acontecendo, o time sendo frio para matar os jogos… Botafogo em casa, 19 finalizações contra 3, jogo contra o Grêmio, precisão nas finalizações. Surpreende, sim, esse poder de concentração do grupo”, concluiu.

 

Fonte: Gazeta Esportiva